You are browsing the website for customers from Portugal. Based on location data, the suggested version of the page for you is
USA / US
Change country
x

NOVIDADES

2019-07-22

Tudo sobre os cabos HDMI

A norma HDMI foi desenvolvida para uma transmissão eficiente de imagens digitais HD e áudio multicanal através de um só cabo. O cabo HDMI foi criado em 2000 no laboratório da Silicon Image e rapidamente se tornou uma das interfaces multimédia mais correntemente usadas nos setores doméstico e industrial.

Neste artigo vai ter a resposta às seguintes perguntas:

Para que serve o cabo HDMI?

A interface HDMI permite a transmissão de um sinal digital sem compressão e dados de controlo, bem como a ligação de dispositivos compatíveis com a norma HDMI. Os cabos HDMI são usados atualmente para ligar dispositivos tais como: tablets e smartphones, PCs, TVs, câmaras, placas gráficas, reprodutores de Blu-Ray, consolas de jogos, recetores SAT e outros equipamentos que utilizam transmissão de sinais de áudio e vídeo de alta qualidade.

O que é a norma HDMI?

Muitas versões de HDMI foram desenvolvidas ao longo dos anos. Atualmente, existem mais de seis normas HDMI, da 1.0 à 2.1, que se dividem em primeira e segunda geração. O desenvolvimento desses cabos foi uma resposta natural às alterações de capacidades, parâmetros e funcionalidades dos dispositivos de gravação, reprodução e visualização de conteúdo digital.

HDMI 1.0

A primeira versão da norma HDMI a aparecer no mercado foi a versão 1.0. Oferecia características de transmissão muito limitadas, de acordo com os padrões atuais, incluindo:

  • resolução HDMI máxima: 1920 x 1200p60,
  • profundidade de cor: 24-bit,
  • frequência máxima de pixel: 165 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 4,95 Gbit/s.

A HDMI 1.0 não era compatível com muitas das normas e funções atualmente utilizadas, incluindo o DVD-áudio, canal Ethernet, suporte para tecnologia 3D, resolução 4K e compatibilidade com Dolby TrueHD.

HDMI 1.1

A norma HDMI seguinte foi a versão 1.1. A diferença entre a versão 1.1 e a 1.0 consistia apenas na implementação do suporte para o formato de gravação de música em DVD - DVD-áudio. Os outros parâmetros na versão HDMI 1.1 não foram alterados.

HDMI 1.2 e 1.2a

Nestes tipos de cabos HDMI, também não foram implementadas soluções melhores em termos de resolução HDMI, largura de banda de sinal ou profundidade de cor. No entanto, foi adicionada a compatibilidade com o Super Audio CD para os operadores de som desenvolvidos pela Sony e Philips.

HDMI 1.3 e 1.3 a-c

A chegada da versão 1.3 da norma HDMI permitiu melhorar substancialmente a transmissão digital de dados. Além do desenvolvimento considerável das características também foram adicionados os suportes Deep Color, xvYCC, Dolby TrueHD, DTS-HD Master Audio, bem como a sincronização AV-Sync para áudio e vídeo. A norma HDMI na versão1.3 apresenta os seguintes parâmetros:

  • resolução HDMI máxima: 2560 x 1600p75,
  • profundidade de cor: 48-bit,
  • frequência máxima de pixel: 340 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 10,2 Gbit/s. A versão melhorada do HDMI 1.3 a-c aumentou a compatibilidade com os novos dispositivos de multimédia.

HDMI 1.4 e 1.4 a-b

A norma HDMI 1.4 juntamente com as atualizações a-b é a norma mais recente da primeira geração HDMI. Estas versões HDMI permitiram o próximo salto tecnológico a partir de um ponto de vista de transmissão de dados e também garantiram suporte para a resolução 4K. Os parâmetros da norma HDMI 1.4 e 1.4 a-b são:

  • resolução HDMI máxima: 4096 x 2160p24,
  • profundidade de cor: 48-bit,
  • frequência máxima de pixel: 340 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 10,2 Gbit/s.

Na versão 1.4 também foi adicionada a execução do canal Ethernet, canal de áudio de retorno e também o suporte para 3D através de HDMI. Um exemplo pode ser o cabo HDMI High Speed (alta velocidade) com Ethernet Goobay 31943 com comprimento de 3m. .

HDMI 2.0

Os tipos de cabos HDMI de segunda geração são caracterizados pelos melhores parâmetros de transmissão e destinam-se aos sistemas mais avançados dos utilizadores e aos dispositivos mais exigentes. A norma HDMI 2.0 cumpre com os seguintes parâmetros:

  • resolução HDMI máxima: 4096 x 2160p60,
  • profundidade de cor: 48-bit,
  • frequência máxima de pixel: 600 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 18 Gbit/s.

HDMI 2.0 a-b

As versões HDMI 2.0 a e b estão atualmente equipadas com as mais populares normas HDMI. Elas fornecem os melhores parâmetros de transmissão e, além disso, a HDMI 2.0 b está equipada com a tecnologia HLG (Hybrid Log Gamma). Os parâmetros da HDMI 2.0 a e b são:

  • resolução HDMI máxima: 4096 x 2160p60,
  • profundidade de cor: 48-bit,
  • frequência máxima de pixel: 600 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 18 Gbit/s.

Um cabo inovador HDMI 2.0 High Speed com Ethernet pode ser, entre outros, o modelo de 0,5 metros Goobay 38514.

HDMI 2.1

A versão HDMI 2.1 é atualmente o mais recente padrão HDMI. Ela proporciona os melhores parâmetros de transmissão e também está equipada com um canal de áudio de feedback melhorado, compressão de imagem (DSC), modo de baixo atraso automático (ALLM) e HDR dinâmico. Os parâmetros da HDMI 2.1 são:

  • resolução HDMI máxima: 7680 x 4320p120,
  • profundidade de cor: 48-bit,
  • frequência máxima de pixel: 1200 MHz,
  • rendimento máximo TMDS: 48 Gbit/s.

Versões de cabos HDMI

Existem três tipos de cabos HDMI: os tipos A, C e D. A diferença básica entre estes tipos de cabos HDMI reside no desenho e tamanho do conector.

HDMI tipo A

O HDMI tipo A é a construção clássica e a mais utilizada . É usado em casa para transferir sinais digitais entre dispositivos de áudio e vídeo, tais como as consolas de jogos, TVs, reprodutores de Blu-Ray e sistemas de cinema em casa (Home Theater).

HDMI tipo C (mini HDMI)

O Mini HDMI é geralmente usado para conectar dispositivos portáteis, como câmaras, smartphones com TVs, PCs e computadores portáteis ou reprodutores de multimédia. Um cabo recomendado é o HDMI 1.3 High Speed tipo C, o modelo PROLINK TCV8350-3.0.

HDMI tipo D (micro HDMI)

É o conector HDMI mais pequeno, usado principalmente para transmissão de sinais entre dispositivos móveis: smartphones e tablets.

Quais são os tipos de cabos HDMI?

Além da versão e da norma de cabo HDMI, preste atenção ao seu tipo. Existem quatro tipos de cabos HDMI:

  • HDMI Padrão;
  • HDMI High Speed (de Alta velocidade);
  • HDMI Padrão com Ethernet;
  • HDMI High Speed com Ethernet.

Independentemente da escolha da versão HDMI, esta norma apresenta compatibilidade com as versões anteriores e permite a transmissão de sinais digitais entre os dispositivos conectados. Entretanto, a escolha certa do tipo de cabo HDMI permite que se ajuste a sua funcionalidade às necessidades individuais do utilizador.

Por exemplo, se o cabo HDMI estiver a transmitir pacotes de dados Ethernet, selecione o cabo HDMI com Ethernet ou HDMI de alta velocidade com Ethernet. Em caso de cooperação com dispositivos que permitam obter resolução HDMI a um nível de 1080px ou superior, é necessário garantir uma largura de banda suficientemente grande. Nesse caso, vale a pena usar o cabo HDMI na versão de Alta Velocidade.

Quais são os tipos e diâmetros dos filamentos do cabo HDMI?

Os tipos de HDMI podem-se classificar com base no tipo e diâmetro do filamento de sinal.Os filamentos em destaque são: CCA, CSS e OFC.

Filamentos CCA

Os filamentos CCA são feitos de alumínio e cobre. Devido à mistura de alumínio, este tipo de cabos HDMI é definitivamente mais barata do que outros. Infelizmente, ao mesmo tempo que proporciona uma condutividade muito pior, são mais frágeis e propensos a danos e também dificultam a sua embalagem. Um revestimento de cobre deficiente pode causar a oxidação rápida do condutor e, em consequência, uma redução da sua vida útil e da durabilidade do cabo. A utilização de um cabo CCA reduz significativamente o comprimento do cabo HDMI.

Filamentos CSS

Os filamentos deste tipo são feitos de cobre e aço. Os cabos HDMI com filamentos CCS são recomendados para transmissão de dados em distâncias curtas. A mistura de aço aumenta a resistência mecânica do filamento, mas ao mesmo tempo aumenta o seu peso.

Filamentos OFC

São os filamentos mais correntemente utilizados em cabos HDMI. Eles são feitos de cobre anaeróbico com uma pureza de 99,99%, o que garante uma elevada condutividade.

As Versões HDMI também podem ser classificadas com base no diâmetro dos seus filamentos. Distinguem-se seis diâmetros definidos pelo padrão AWG (American Wire Gauge). Quanto maior for o número AWG, menor será o diâmetro do cabo HDMI. De acordo com esta norma, podemos distinguir os seguintes diâmetros de filamentos:

  • 22 AWG – ø 0,644 mm,
  • 24 AWG – ø 0,511 mm,
  • 26 AWG – ø 0,405 mm,
  • 28 AWG – ø 0,321 mm,
  • 30 AWG – ø 0,255 mm,
  • 32 AWG – ø 0,202 mm.

Quanto menor for coeficiente AWG, melhor, mais rápido e mais resistente será à transmissão de interferências. Note, no entanto, que o preço do cabo HDMI aumenta com a espessura do cabo. Portanto, vale a pena ajustar o diâmetro do núcleo para o comprimento planeado do cabo HDMI. Há algumas orientações que podem ser usadas a este respeito.

Para cabos com mais de 20m, vale a pena utilizar cabos de 24 AWG. Para cabos com um comprimento de 10-15m, um cabo 24 AWG ou 26 AWG será uma boa solução, enquanto para cabos de 3-10m, os cabos 28 AWG e 26 AWG funcionarão perfeitamente. Para cabos mais curtos, até 3 m de comprimento, os diâmetros de 30 AWG e 28 AWG serão uma opção razoável.

linecard

Selecione fabricante ou categoria

Quick Buy

?
Símbolo do produto quan. encomendada
Pré-visualizar

Outras opções Quick Buy

paypal_help

Este sítio Web utiliza cookies. Clique aqui, para saber mas sobre as cookies e as suas definições.

Não mostrar novamente